PUBLICIDADE

A FBH

CAT

IMPRIMIR

TAMANHO DA FONTE

+-

Comitê de Assessoramento Técnico da Federação Brasileira de Hemofilia

A criação do Comitê de Assessoramento Técnico (CAT), tem como objetivo o respaldo de profissionais consagrados na área da hemofilia e da hematologia para que a FBH possa produzir materiais e programas com a segurança de contar com uma consultoria técnica específica e atualizada. Estes profissionais também serão suporte para atender a demanda de questionamentos dos pacientes e trabalharão em conjunto, dentro de uma equipe, em projetos comuns.

“A FBH se fortalece pela possibilidade de poder contar com a consultoria, experiência e conhecimento de cada profissional deste comitê”. Mariana Battazza Freire – Presidente da FBH.

O compartilhamento de conhecimentos e experiências é ressaltado pela presidente do CAT, Tania Maria Onzi Pietrobelli, considera muito a importante esta equipe multidisciplinar ser formada por pessoas que já possuem uma história com a hemofilia, que já acompanharam o crescimento do tratamento no Brasil. “São referências internacionais, para apoiar a FBH na parte científica. Cada um contribuindo na sua área. Como presidente do Comitê estou certa que esta equipe de excelência será fundamental para manter e ampliar as conquistas no tratamento de coagulopatias no Brasil”, considerou Tania.

Tânia Maria Onzi Pietrobelli (Presidente do CAT)


Formada em Educação Especial para Deficientes da Audio Comunicação e em Letras. Professora de Deficientes da Audio Comunicação. Fundadora da Associação dos Hemofílicos da Região Nordeste do Estado do Rio Grande do Sul, em 1992. Presidente da Ass. dos Hemofílicos da Reg. Nord. do RS, desde 2005. Vice Presidente da Federação Brasileira de Hemofilia (FBH), de 2005 a 2009. Presidente da FBH de 2009 a 2015. Atualmente Presidente do Comitê Técnico e Presidente de Honra da FBH. Membro do Conselho Nacional da Saúde, desde 2006. Membro da Comissão Intersetorial de Pessoas com Patologia do Conselho Nacional da Saúde, desde 2010. Membro do Comitê de Assessoramento Técnico em Coagulopatias do Ministério da Saúde, desde 2009. Membro do Comitê de Hemostasia do Ministério da Saúde, desde 2013.

Guilherme Genovez (Hematologista)


Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina(1984); Residência médica pelo Hospital Governador Celso Ramos (1987); Aperfeiçoamento em Blood Transfusion Transmitted Disease pela Japan International Cooperation Agency (1993). Coordenador da Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde entre 2008 e 2014. Atualmente é Médico Hematologista do Centro de Hemoterapia e Hematologia de Santa Catarina, Médico Hematologista da Hospital Governador Celso Ramos, Médico Plantonista e Diarista da UTI da Hospital de Caridade Nosso Senhor dos Passos, Assessor Médico do Laboratório Santa Luzia, Médico Hematologista da Clínica SOS Cardio e Professor da Universidade do Sul de Santa Catarina. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Clínica Médica. Atuando principalmente nos seguintes temas: Hematologia e Hemoterapia.

Margareth Ozelo (Hematologista)


Graduada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (FCM UNICAMP) (1993); Residência médica em Hematologia e Hemoterapia pela FCM UNICAMP (1997); Doutora em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas (2004) e pós-doutorado em Terapia Gênica para Hemofilia pela Queen’s University, Kingston, Canadá (2009). Professora da Disciplina de Hematologia e Hemoterapia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP (2013). Atualmente é Diretora da Divisão de Hematologia do Departamento de Clínica Médica, FCM UNICAMP. Coordena diversos projetos de pesquisa, com ênfase em Hematologia, atuando principalmente nos seguintes temas: hemostasia, distúrbios hemorrágicos, plaquetas, hemofilia, trombofilia, células endoteliais e terapia gênica. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 1D.

Cláudia Lorenzato (Hematologista)


Graduada em medicina pela UFPel, em Pelotas no Rio Grande do Sul. Residência médica em pediatria no hospital Evangélico de Curitiba, PR; residência médica em Hematologia e Hemoterapia no Hospital Governador Celso Ramos/HEMOSC em Florianópolis (SC). Especialista em transplante de MEDULA ÓSSEA PELA UFPR, Curitiba no Paraná. Mestre em Pediatria pela UFPR, foco em Transplante de medula óssea e cursando Doutorado em pediatria com foco em Hemofilia. Curso de extensão em Hemofilia em Oxford – Inglaterra, pela Federação Mundial de Hemofilia. Médica do HEMEPAR, Responsável pelo tratamento de hemofilia no Estado do Paraná e membro do Comitê de Assessoramento Técnico do Ministério da Saúde.

Sylvia Thomas (Hematologista)


Graduada em Medicina (Faculdade de Medicina de Valença, RJ (1981). Especialista em Hematologia Clínica, Universidade Federal Fluminense, RJ (UFF) (2001), com Título de Especialista em Hematologia e Hemoterapia, Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (2001). Título de Especialista em Pediatria, Sociedade Brasileira de Pediatria (1988). Hematologista do Hemocentro Coordenador do Mato Grosso (1993 a 2015l), onde foi Diretora Técnica (1993-1995 e 2001-2002); atualmente, Consultora Técnica. Médica do Serviço de Medicina Nuclear do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF-UFRJ), onde é responsável pelo projeto de radiossinoviortese em hemofilia. Mestre em Clínica Médica, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) (2009). Doutora em Medicina / Radiologia, UFRJ (2013). Vasta experiência na área de Hematologia, com ênfase em Hemostasia e Trombose. Atua prioritariamente nos temas de coagulopatias hereditárias, radiossinoviortese e artropatia hemofílica. Ex-presidente da Federação Brasileira de Hemofilia (2005-2007 e 2008-2009).

Luciano Pacheco (Ortopedista)


Graduado em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1982), Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (1985), especialização em Cirurgia do Quadril e Joelho no Pavilhão Fernandinho da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1986), Mestrado em Programa de Pós Graduação em Clínica Cirúrgica pela Universidade Federal do Paraná (1998) e Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica pela Universidade Federal do Paraná (2006). Atualmente é médico Ortopedista do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná e realiza cirurgias em pessoas com hemofilia há 20 anos, sendo seu trabalho referência em ortopedia para pessoas com Hemofilia em todo Brasil. Membro titular da SBOT, SBQ, Comitê Musculoesquelético da WFH. Chefe do Ambulatório de Ortopedia/Hemofilia do HC-UFPR.  Autor do livro “Ortopedia e Fisioterapia em Hemofilia”.

Janaina Bosso da Silva Ricciardi (Fisioterapeuta)


Graduada em Fisioterapia pela UNIMEP – Universidade Metodista de Piracicaba; Mestrado em curso de pós-graduação em Clínica Médica pela Faculdade de Ciências Médicas – UNICAMP, onde atualmente cursa Doutorado. Fisioterapeuta do IHTC – Internacional Haemophilia Treatment Center: “Cláudio Luiz Pizzigatti Corrêa” – Hemocentro da UNICAMP desde 2001. Tem experiência na área de Fisioterapia nas Desordens Músculo-Esqueléticas, com ênfase nas Alterações Hematológicas e Hidroterapia.

Frederica Cassis (Psicóloga)


Frederica Cassis tem licenciatura em psicologia clínica, especializada em psicologia junguiana e hemofilia. Mestre em Comunicação e Semiótica, com a tese sobre hemofilia, intitulada “Fluir e coagular: um estudo biossemiotico e hipermídia de hemofilia”. Frederica trabalha no Hospital das Clínicas no Ambulatório de Hemofilia, em São Paulo, desde 1994. Trabalha como psicóloga voluntária desde 1994 e é psicoterapeuta ‎clinica desde 1991. Desde 1998, Frederica tem participado de congressos internacionais de hemofilia, como oradora convidada e como um contribuinte de posters e apresentações orais. Também participou de oficinas WFH no Egito, Jordânia e Equador. Em 2002 publicou “Os heróis também Sangram: o encontro entre Prometeu e Chiron”. Contribuinte para a WFH no Guia do Educador Pictures, e é autora da monografia de “Atenção psicossocial para pessoas com Hemofilia”. Desenvolveu HEMOACTION “brincar e aprender sobre a hemofilia”, um conjunto de cartões flash educacionais, que estão disponíveis em vários idiomas. Faz parte do Comitê de Psicologia da WFH.

Márcia Pereira (Assistente Social)


Assistente Social com experiência de 25 anos na área da saúde, tanto na assistência a pacientes internados como ambulatorial, além de 8 anos atuando junto a pessoas com necessidades especiais. Atualmente atua no HEMORIO, integrante da equipe multidisciplinar de hemofilia.

Nathália Martins (Farmacêutica)


Atuação em Farmácia Hospitalar, com habilidades para: gerenciamento de estoques, administração e gestão, manipulação de quimioterápicos e nutrição parenteral, ensino, farmácia clínica, fármaco vigilância, controle de infecção hospitalar, dispensação a pacientes internados e ambulatoriais, farmácia em centro cirúrgico, farmacotécnica e farmacoeconomia.

Maria Elvira Pizzigatti (Odontóloga)


Graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Unicamp (1986); mestrado em Clínica Médica (1999); doutorado em Clínica Médica pela Universidade Estadual de Campinas (2005); pós doutorado realizado no Fred Hutchinson Cancer Research Center e Seattle Cancer Care Alliance, Seattle, WA, USA em 2012. De 1988 até 1993 atuou como Cirurgiã Dentista no CIPOI (Centro Integrado de Pesquisas em Onco hematologia Infantil) e desde 1993 é responsável pelo Ambulatório de Odontologia do Centro de Hematologia e Hemoterapia Universidade Estadual de Campinas. Professora do curso de pós graduação do Departamento de Estomatopatologia da Faculdade de Odontologia de Piracicaba, FOP, Unicamp. Experiência clínica e em pesquisa na área de Odontologia, com ênfase em Clínica Odontológica (Medicina Oral), atuando principalmente nos seguintes temas: transplante de medula óssea, coagulopatias adquiridas e hereditárias, neoplasias hematológicas e tumores não hematológicos, doença do enxerto contra o hospedeiro crônica e também em outras manifestações orais do tratamento e de doenças sistêmicas, pacientes especiais e odontologia hospitalar.

Andréa Luisa de Almeida Sambo (Membro do CAT)


Enfermeira especialista em Tratamento de pessoas com Hemofilia e outras coagulopatias, possui proficiência Técnica em Hemofilia e trabalha há 24 anos no Hemocentro da Unicamp/Campinas, sendo 15 anos na Unidade de Hemofilia Cláudio Luiz Pizzigatti Correa/ Hemocentro-Unicamp.

Beatriz MacDowell ( Membro do CAT)


Graduada em Medicina, Clínica Geral, pela Universidade Federal Fluminense, com especialização Gestão de Serviços de Saúde pela OPAS-Brasil, mestrado em Gestão e Políticas Públicas – dissertação do mestrado: Política de Hemoderivados no Brasil – Desafios e Perspectivas – UNB – 2002. Experiência profissional: médica da Secretaria de Saúde do DF – período 1981/2015, vice-presidente da Associação Médica de Brasília – 1991/1993, presidente da Associação Médica de Brasília, conselheira do Conselho Regional de Medicina do DF – 1991/1995, chefe do Centro de Saúde no 1 de Brasília – Centro de Referência par ao Tratamento de Tuberculose e Hanseníase – 1993/1994, conselheira do Conselho de Saúde do DF – 1994-1998, chefe de Gabinte da Secretaria de Saúde do DF – 1994/1996, diretora Presidente da Fundação Hemocentro de Brasília – 1996/1998, assessora da Diretoria de Produtos e Serviços da ANVISA/MS – 2000, gerente Geral de Sangue e Hemoderivaodos da ANVISA/MS – 2000/2004, chefe de Gabinete da Presidência da ANVISA – 2004/2005, chefe do Núcleo de Pós-Comercialização da ANVISA/MS – 2005/2006, diretora-adjunta da Diretoria Colegiada da ANVISA/MS – 2007/2008, diretora-presidente da Fundação Hemocentro de Brasília – 2011/2014, professora da Faculdade de Medicina do DF – ESCS/FEPECS/SES – 2015.

Silmara Montalvão (Farmacêutica Bioquímica)


Silmara Montalvão é Farmacêutica Bioquímica, especialista em Análises Clínicas e Mestre em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp. Atualmente, é supervisora técnica do Laboratório de Hemostasia rotina e pesquisa do hemocentro da Unicamp. Membro da comissão de assessoramento técnico em hemostasia do Ministério da Saúde- Brasil.